quarta-feira, 1 de abril de 2015

Abstenho-me!

Certo dia estava numa assembleia e deparei-me com um pensamento que ainda me deixa perplexo: Numa situação de votos como é que nos podemos abster até da própria abstenção?

Sem comentários:

Enviar um comentário