sábado, 8 de março de 2014

Carnelevare

Foi um Carnaval de arromba. Um dos melhores Carnavais que já experimentei até hoje, senão o melhor.

Saí com o meu grupo de percussão pelas ruas da cidade. De bar em bar. Nós tocávamos o samba. Em troca os proprietários dos estabelecimentos nocturnos davam-nos cerveja. Um pagamento justo para um Carnaval.

Nos dois primeiros dias incarnámos faunos e ninfas. No terceiro dia cada um vestiu uma máscara de tema livre. Eu levei a minha indumentária de algo semelhante a um monge Zen. E foram performances tão poderosas que até houve fogo.

Para o ano que seja ainda melhor!


Foto: João Craveira Silva.

Sem comentários:

Enviar um comentário